Controle de Ponto

O que é, Tipos, Como Funciona e Vantagens do Controle de Ponto Online

Você já ouviu falar sobre controle de ponto? De acordo com o Art. 74 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), o registro de jornada é obrigatório para empresas com mais de 20 colaboradores. 

Por isso, fazer o controle de ponto é fundamental para companhias que buscam estar sempre dentro da lei.

Ficou curioso? Continue lendo!

Saiba mais
controle de ponto no tablet
para que serve o controle de ponto

O que é e para que serve o controle de ponto?

Basicamente, o controle de ponto é a marcação dos horários de entrada e saída dos colaboradores da empresa, bem como dos períodos de descanso diários e semanais.

Esse acompanhamento tem por objetivo principal proteger a empresa e os colaboradores perante a lei. Os comprovantes de registro de ponto servem como provas judiciais em casos de passivos trabalhistas, por exemplo.

Além disso, o controle de ponto também auxilia em diversos processos internos da empresa e dos setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal, tais como: 

  • Fechamento de espelho-ponto e folha de pagamento;
  • Acompanhamento de absenteísmo, ou seja, a quantidade e a periodicidade de faltas dos colaboradores no dia a dia;
  • Desenvolvimento de indicadores de análise para o RH, como assiduidade e pontualidade dos colaboradores;
  • Acompanhamento da rotina dos colaboradores, o que gera melhoria na satisfação pessoal;
  • Diminuição da quantidade de horas extras trabalhadas pelos funcionários. 

Por isso, o controle de ponto é um item fundamental para todas as empresas que buscam uma gestão de pessoas prática e efetiva.

Nesses casos, o sistema da Pontomais pode ajudar e gerar mais praticidade.

Controle de Ponto por Aplicativo

O que é controle de ponto por exceção?

Em 2019, uma nova modalidade de controle de ponto foi viabilizada através da Lei da Liberdade Econômica, sancionada pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho). O objetivo principal dessa legislação é, justamente, desburocratizar as atividades econômicas no país.

Portanto, o controle de ponto por exceção nada mais é do que o registro de ponto feito somente em situações excepcionais. Nesse caso, as marcações de ponto seriam feitas somente no caso de faltas, declarações médicas, atrasos, férias e afins.

As empresas que desejam utilizar essa modalidade de controle de ponto devem buscar:

  • Acordo com os colaboradores; OU
  • Convenção coletiva; OU
  • Acordo Coletivo.

Somente após a regulamentação escrita é que a empresa pode começar a realizar o controle de jornada a partir dessa modalidade

Quais as vantagens do controle de ponto por exceção?

O controle de ponto por exceção funciona muito bem para empresas que utilizam a jornada flexível, por exemplo. A utilização dessa regra demonstra uma confiança muito grande entre empresa e colaboradores, além de significar maior independência para os funcionários.


O que diz a CLT sobre registro de ponto?

Como mencionado anteriormente, o Art. 74 da CLT declara que todas as empresas a partir de 20 colaboradores devem realizar o controle de ponto e o registro de jornada dos funcionários.

Porém, existem várias dúvidas frequentes com relação ao assunto. Acompanhe:

Como funciona o controle de ponto após a Reforma Trabalhista?

Muito tem sido discutido sobre as mudanças que a Reforma Trabalhista trouxe para a rotina dos setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal.

Uma das modificações que a legislação trouxe foi justamente com relação a marcação de ponto, que passa a ter a obrigatoriedade condicionada a um acordo entre empresas e sindicatos. 

Quem é obrigado a bater ponto?

Todos os colaboradores em empresas com mais de 20 funcionários devem realizar o registro e o controle de ponto diariamente. 

É obrigatório assinar folha de ponto?

A resposta é: não.

Porém, os documentos de marcação de ponto não são reconhecidos pela Justiça do Trabalho quando não estão assinados. Por isso, é recomendável que a folha de ponto esteja sempre validada pela assinatura do colaborador.

O que acontece se eu não assinar a folha de ponto?

No caso da não-assinatura do cartão e da folha de ponto, é possível que o documento perca a validade jurídica. 

Por isso, é importante que o controle de ponto seja feito de maneira completa, com todos os dados cadastrados corretamente - nome do colaborador, PIS, assinatura e horários de entrada e saída.

Portaria 1510

A Portaria 1510 diz respeito ao controle de ponto eletrônico - sobre o qual iremos falar mais a seguir. 

Essa legislação veio para regulamentar a modalidade de controle de ponto eletrônico, com o objetivo de padronizar e ajustar a usabilidade desse tipo de gestão de jornada.

Dentre os pontos mais importantes da Portaria 1510, é possível destacar os requisitos básicos para o REP - Registrador Eletrônico de Ponto:

  • O REP deve ter memória interna de registro de ponto;
  • Porta fiscal para captação de dados fiscais;
  • Impressora de bobina de papel para emissão de comprovante de marcação do ponto;
  • Relógio interno.

 Como fazer o controle de ponto?

Existem 3 maneiras básicas de realizar o controle de ponto: manual, mecânico e eletrônico. Cada uma dela conta com especificidades e vantagens diferentes e são adequadas para empresas e jornadas de trabalho distintas.

Antes de escolher o tipo de registro de jornada que irá fazer na sua empresa, é preciso levar alguns pontos em consideração:

  • Quantos funcionários tem na companhia?
  • Qual a estrutura da equipe de DP responsável pelo fechamento de ponto?
  • Quanto tempo os setores de DP e RH querem utilizar para fechar o ponto?
  • Qual a modalidade de jornada adotada pelos times?
  • É possível compartilhar a gestão da jornada com os gestores?

Tendo esses pontos em vista, fica mais fácil escolher o modelo de controle de ponto ideal para a sua empresa.

Tipos de controle de ponto

Como mencionamos anteriormente, existem 2 tipos básicos de controle de ponto. Conheça cada um deles:

Controle de ponto manual

É o modelo mais antigo de controle de ponto. Funciona em papel, planilhas ou relógios.

  • Muito utilizado por pequenas e médias empresas;
  • Suscetível a falhas e rasuras, o que compromete o documento;
  • Gera muito trabalho para o RH no fechamento de ponto;
  • Conferência manual é passível de erros e fraudes;
  • Dificulta o acompanhamento da jornada diária;
  • Não pode ser adaptado para as necessidades específicas da empresa;
  • Gera falta de controle da jornada, pois o resultado só aparece no fim do mês;
  • Alto custo por conta da falta de gerenciamento de horas extras e banco de horas.

Controle de ponto eletrônico

Pode ser feito a partir de relógios de ponto ou de sistemas de ponto online.

  • Pode ser utilizado por pequenas, médias e grandes empresas;
  • Risco mínimo de falhas, por ser um modelo digital e automatizado;
  • Gera tempo para o RH, com fechamento prático de espelho-ponto;
  • Conferência automatizada elimina o risco de erros e fraudes;
  • Facilita o acompanhamento da jornada diária dos colaboradores;
  • Os sistemas de ponto online podem ser adaptados de acordo com as necessidades da empresa;
  • Auxilia no controle da jornada em tempo real através do sistema;
  • Diminui os gastos da empresa com banco de horas e horas extras através do monitoramento diário de jornada.


Agora que você já conhece a legislação, os modelos e as curiosidades sobre o controle de ponto, está preparado para escolher o seu?

Conheça a Pontomais, a solução ideal para ponto digital

Simples, fácil e rápido!
01. Cadastre sua empresa

02. Adicione funcionários e escalas

03. Nunca mais tenha problemas com fechamento de ponto!

Vamos começar?

Cadastre-se e ganhe 14 dias de suporte premium grátis!
Nenhuma cobrança requerida
Você está sendo redirecionado
Este e-mail já esta em uso, escolha outro
Revise o seu e-mail, algo esta errado.
Digite o seu nome completo
Revise o seu telefone, algo esta errado.
Sua senha deve conter mais de 8 caracteres
Ops, as senhas não coincidem
É necessário aceitar nossos termos para continuar
COMEÇAR AGORA
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.