Voltar ao Blog
Reforma-trabalhista

Reforma Trabalhista: Entenda as mudanças na marcação de ponto

Hendrik Machado

Desde julho de 2017, com a aprovação do texto da Reforma Trabalhista, muitas mudanças passaram a fazer parte da rotina de empregadores e empregados. Novas definições sobre jornada de trabalho, férias, negociação do contrato de trabalho e diversos outros aspectos tiveram impacto direto na rotina do departamento pessoal e na relação trabalhista.

No post de hoje, veremos algumas mudanças na marcação de ponto que precisam ser observadas. Continue a leitura e saiba mais!

Jornada de trabalho segundo a nova reforma trabalhista

Entre as principais mudanças que entraram em vigor com a Reforma Trabalhista, destaca-se o limite máximo da jornada de trabalho. Agora, esse limite pode ser negociado. Antes, a jornada padrão era de 8 horas diárias (com jornada de trabalho semanal de, no máximo, 44 horas por dia), com a possibilidade de 2 horas extras diárias.

Com as mudanças da Reforma, a jornada de 12 horas trabalhadas por 36 horas de folga passa a ser oficializada. Além disso, outra modificação é a jornada de trabalho parcial. Até então, a legislação previa a possibilidade de trabalho máximo de 25 horas semanais sem hora extra nessa modalidade.

Após a modificação normativa, a jornada de trabalho parcial passa a ter duas possibilidades. O trabalhador poderá ter uma jornada de trabalho semanal de 30 horas, contudo, sem ser remunerado com o pagamento de horas extras. Ou de 26 horas semanais, com a possibilidade de realizar até 6 horas extras. 

calculo de horas extras

 

Trabalho remoto

A Reforma Trabalhista passa a regulamentar o teletrabalho, ou mais conhecido como home office ou trabalho remoto. Assim, o funcionário passa a realizar suas tarefas a distância — a partir de casa, por exemplo. 

Agora, a Reforma Trabalhista determina que o empregador estabeleça um contrato de trabalho referente ao serviço realizado pelo funcionário remoto.

O contrato de trabalho deve especificar as atividades realizadas pelo trabalhador, bem como suas responsabilidades, e os custos referentes a materiais usados para a execução das tarefas. 

Intervalo para almoço

Outra mudança importante diz respeito ao intervalo para as refeições. Para funcionários que mantêm uma jornada de trabalho de 8 horas diárias, a lei previa um intervalo mínimo de uma hora e máximo de duas horas para alimentação e descanso.

Agora o tempo mínimo de intervalo passa a ser de 30 minutos, independentemente de acordo estabelecido entre empregado e empregador. 

Obrigatoriedade da marcação de ponto

Outra mudança trazida pela Reforma Trabalhista está relacionada à obrigatoriedade da marcação de ponto. De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, empregadores que mantêm registrados mais de 10 colaboradores precisam, obrigatoriamente, implementar algum tipo de instrumento que registre a jornada de trabalho, podendo ser algum dispositivo manual, mecânico ou eletrônico. 

A Reforma Trabalhista passa a condicionar essa obrigatoriedade a um acordo firmado entre empresas e sindicatos. 

Banco de horas

A Reforma Trabalhista abre a possibilidade de negociação entre o empregador e o empregado. Assim, é possível negociar diretamente como será feita a compensação das horas trabalhadas além da jornada máxima.

Vale destacar que, antes da Reforma, a compensação das horas era negociada entre o empregador e os sindicatos, de forma coletiva. Com as mudanças, o que for acordado entre o trabalhador e o patrão passa a valer, independentemente de convenção ou acordo coletivo. O prazo máximo em que deverá ocorrer a compensação é de seis meses. No caso de banco de horas, o prazo máximo para a compensação é de um ano. 

Tempo de deslocamento

Antes da Reforma Trabalhista, existia a chamada hora "in itinerare". Essa hora refere-se ao tempo gasto pelo trabalhador para se deslocar da sua casa até o local de trabalho. Assim, esse tempo de deslocamento poderia ser considerado parte da jornada de trabalho

Com a Reforma Trabalhista, o tempo de deslocamento passa a não ser mais integrante da jornada de trabalho. Isso porque o trabalhador não está à disposição da empresa. Assim, o tempo que é percorrido entre a casa e o local de trabalho passa a não ser hora trabalhada, independentemente da disponibilidade de transporte e da localização da residência.

A Pontomais é a maior plataforma de Controle de Ponto da América Latina. Intuitiva, econômica e segura, somos mais que um sistema de controle de ponto, somos seu parceiro para um RH mais fácil e estratégico. Garantido que as empresas estejam dentro da lei e evitando passivos trabalhistas.

Diminua a burocracia usando tecnologia simples e ganhe tempo para cuidar das pessoas e do seu negócio. Clique aqui, conheça a Pontomais e venha revolucionar a gestão da sua empresa.

Até mais. 🙂


Compartilhe nas redes sociais: 

RH Digital

Preencha os seus dados e receba o ebook
de RH 4.0 gratuitamente.
Obrigado! Você receberá seu Ebook em breve.
Oops! Alguma coisa deu errado, tente novamente.

Mais posts do blog

Entenda o papel estratégico do RH nos processos de fusões e aquisições

O papel do RH em Fusões e Aquisições está relacionado a manter o clima organizacional em um momento de insegurança e tensão. Saiba mais nesse artigo.

Ler mais

CAGED agora é eSocial

O CAGED foi extinto para as empresas que estão inseridas no Simples Nacional. As empresas desse grupo agora repassam as informações pelo sistema do eSocial.

Ler mais

Entenda o que é RH 4.0 e qual é sua importância

O RH 4.0 é a união dos sistemas digitais e físicos. Que juntos conseguem visualizar uma produção inteira e ter autonomia para tomar decisões.

Ler mais

Fique por dentro do mundo de RH!

Faça o cadastro em nossa newsletter para receber nosso conteúdo novo, sempre fresquinho!

Conheça a Pontomais

Gestão de jornada na palma das mãos

Nosso App e Software de Controle de Ponto vai tornar sua vida mais fácil

20/03 18:01
R. Padre Anchieta, 2310, Mercês, Curitiba-PR
BANCO DE HORAS
+23:42

Que tal fazer um teste Grátis?

Experimente grátis por 14 dias o melhor sistema de Controle de Ponto da América Latina
COMEÇAR AGORA
Muito Obrigado. Clique AQUI para acessar a Pontomais
Oops! Alguma coisa deu errado ao enviar o seu cadastro! Tente novamente.

Estamos preparando sua conta...

Faça um teste grátis!

Experimente o melhor Controle de Ponto Online por 14 dias.
Sem Fidelidade!