Pontomais no Top of Mind

Inspirados pelo futuro. Conectados pela inovação.

23ª Edição do Top Of Mind de RH, 2020.
Estar entre os indicados ao Top of Mind de RH, principal premiação do segmento de Recursos Humanos brasileiro desde 1998, é um enorme reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelas empresas fornecedoras de produtos e serviços para o RH.
Vote Aqui
Voltar ao Blog
Clima organizacional nas empresas: como deve ser medido?

Clima organizacional nas empresas: como deve ser medido?

Hendrik Machado
Compartilhe nas redes sociais: 

O clima organizacional nas empresas é uma espécie de atmosfera, algo intangível, mas que influencia o modo como as pessoas pensam e agem. Em resumo, é o estado de espírito do ambiente de trabalho.Alguns negócios têm um clima tóxico, poucas pessoas conseguem suportá-lo e a taxa de evasão de talentos é alta. Porém, outros contam com um clima de transparência e bem-estar, o que gera grandes resultados.Mas como medir algo intangível? É preciso olhar para suas causas e consequências, como o nível de turnover e absenteísmo. Neste post, mostraremos itens que ajudam e fazem entender como medir o clima. Confira!

Pesquise o nível de satisfação dos talentos

Primeiramente, é preciso olhar para quem mais é impactado pelo clima: os empregados. O nível de satisfação e lealdade dos talentos refletem, então, é preciso mensurá-los. Para tanto, conte com o E-NPS.O Employee Net Promoter Score (E-NPS) é um importante indicador de desempenho. Com base em uma única pergunta — chamada de "A pergunta definitiva" — ele ajuda a medir a satisfação e a lealdade:

Notas de 0 a 6 representam empregados detratores, insatisfeitos com o trabalho. Notas de 9 a 10 representam profissionais promotores, apaixonados pela organização. Os demais são considerados neutros.Para avaliar a pontuação final de E-NPS, basta subtrair o percentual total de detratores do percentual total de promotores (% promotores - % detratores). O resultado ideal é a partir de 75 pontos, não menos que isso.

Dicionario do RH e Departamento Pessoal

Promova questionários que avaliem o clima

Outra possibilidade é ouvir os talentos com questionários tradicionais e mais extensos. Nesse caso, será preciso formular uma lista de perguntas, com questões do tipo:

Os profissionais devem responder o questionário com base em 3 alternativas: nunca, às vezes e sempre. Desse modo, fica mais fácil analisar os resultados e tirar as devidas conclusões.É importante lembrar que as pesquisas com os funcionários devem ser anônimas. O talento não tem que ser obrigado a se identificar, pois pode sentir medo de represália ao falar a verdade.

Mensure o nível de absenteísmo dos profissionais

O absenteísmo é um indicador-chave de desempenho. Com ele, o gestor pode medir o nível de faltas e atrasos, itens que denotam o engajamento dos profissionais e a insatisfação com o clima de trabalho.Para medi-lo, basta relacionar dois principais dados: o número de horas não trabalhadas pela equipe e o total de horas efetivamente trabalhadas, como é possível observar em:

Quanto menor o absenteísmo, melhor a empresa, pois indica um clima agradável, no qual os profissionais têm prazer em estar. Por outro lado, quando o índice é alto, isso simboliza um clima tóxico.Para tanto, é importante que o gestor conte com um bom software de registro do ponto e jornada de trabalho para obter os dados de assiduidade dos colaboradores e das equipes de trabalho. Do contrário, a mensuração será difícil.

Avalie a rotatividade do último ano

Qual o nível de rotatividade dos profissionais? Em outras palavras, quantos entram e saem do quadro de trabalho dentro de um único ano? Esse indicador é chamado de turnover.Em geral, o mau clima causa a evasão dos profissionais. Ninguém que preze por sua saúde física e emocional deseja ficar em uma organização com a atmosfera pesada, por isso, migram para a concorrência.

O percentual ideal de rotatividade varia de acordo com a política de retenção de cada negócio. Alguns artigos indicam que o ideal é algo abaixo dos 5%, não mais do que isso.Quando a rotatividade é baixa, significa que a empresa está conseguindo reter os seus talentos. Sendo assim, há um clima propício ao trabalho, à formação de equipes e ao alcance de grandes resultados.

Observe a produtividade no expediente de trabalho

Como dito no início, o bom clima gera satisfação e bem-estar. Os profissionais tornam-se mais felizes em fazer parte do quadro de trabalho e isso torna a empresa, em média, 86% mais produtiva.Nesse sentido, o bem-estar está diretamente ligado à produtividade diária. Então, ao descobrir se o nível de entrega do time está de acordo com o desejado, também saberá se o clima é o ideal.Uma fórmula simples para medir a produtividade é a seguinte:

Imagine um profissional que ligou para 50 clientes ao longo do expediente de trabalho, isto é, em 8 horas. Ao usar a fórmula, é possível afirmar que sua produtividade é de 6,25 ligações/hora. É um bom nível?É possível calcular a produtividade dos profissionais em diferentes aspectos e depois avaliar se está dentro do esperado. Em climas inadequados, os colaboradores tendem a se tornar apáticos e improdutivos.

Conte com outros indicadores de desempenho

Existem outros indicadores que podem ajudar a entender o clima do ambiente de trabalho. Então, faça uso deles para avaliar como refletem a paixão e energia do time.Alguns desses indicadores podem ser calculados e outros dependem da sensibilidade do líder. Confira:

Enfim, é possível avaliar, um ou todos esses fatores, para medir o clima organizacional nas empresas e descobrir se está ou não adequado. Tenha em mente que um ambiente bom é essencial para a boa experiência dos empregados, para a criação de uma cultura organizacional atraente e para o próprio crescimento do empreendimento.

E aí, já sabe qual indicador utilizar? Aproveite para continuar aprendendo conosco. Descubra como evitar a demissão dos melhores colaboradores. Boa leitura!

RH Digital

Preencha os seus dados e receba o ebook
de RH 4.0 gratuitamente.
Obrigado! Você receberá seu Ebook em breve.
Oops! Alguma coisa deu errado, tente novamente.

Veja também

Como fazer a gestão de dados e o controle de ponto dos colaboradores?

A gestão de dados auxilia ativamente na atuação estratégica do RH de uma empresa. Veja algumas dicas para alavancar seus resultados organizacionais!

Ler mais

Contrato verde amarelo

O Contrato Verde Amarelo promove flexibilização na contratação. Essa nova modalidade de contratação visa a inserção de jovens ao mercado de trabalho.

Ler mais

Perfil comportamental: o que é e como impacta na gestão de pessoas?

O teste de perfil comportamental é uma ferramenta usada pelos profissionais de RH. Tem o objetivo de mapear o comportamento dominante de um colaborador.

Ler mais

Fique por dentro do mundo de RH!

Faça o cadastro em nossa newsletter para receber nosso conteúdo novo, sempre fresquinho!

Conheça a Pontomais

Gestão de jornada na palma das mãos

Nosso App e Software de Controle de Ponto vai tornar sua vida mais fácil

20/03 18:01
R. Padre Anchieta, 2310, Mercês, Curitiba-PR
BANCO DE HORAS
+23:42

Que tal fazer um teste Grátis?

Experimente grátis por 14 dias o melhor sistema de Controle de Ponto da América Latina
COMEÇAR AGORA
Muito Obrigado. Clique AQUI para acessar a Pontomais
Oops! Alguma coisa deu errado ao enviar o seu cadastro! Tente novamente.

Estamos preparando sua conta...

Faça um teste grátis!

Experimente o melhor Controle de Ponto Online por 14 dias.
Sem Fidelidade!