A técnica pomodoro pode ser uma aliada e tanto para muitos estudantes, empresários e quaisquer profissionais que desejam melhorar o rendimento e dar um gás na produtividade.

Hoje em dia, com tantas demandas surgindo por todos os lados, a gente sabe que pode ser bem complicado planejar a agenda e cumprir todas as tarefas, não é verdade? Esta técnica foi criada justamente para ajudar a organizar a vida de quem está sempre se enrolando com os prazos e não aguenta mais perder tempo com a procrastinação.

O mais legal é que você consegue começar a virar esse jogo agora mesmo. Um relógio com alarme, uma folha de papel e uma caneta são as únicas ferramentas necessárias para adotar essa técnica de gestão do tempo.

Descubra no nosso post como a técnica pomodoro pode melhorar a qualidade do seu trabalho e ajudar a decolar o seu negócio. Tire suas dúvidas sobre o assunto e comece a otimizar a sua rotina desde já.

O que é a técnica pomodoro?

Criada no final da década de 1980 pelo italiano Francesco Cirilo, a técnica pomodoro é uma das mais famosas para a gestão de tempo e consiste na execução de tarefas sem interrupções por um período pré-determinado, seguida de um intervalo.

A inspiração para o nome surgiu daqueles timers de cozinha em forma de tomate (pomodoro, em italiano) que podem ser usados para marcar o tempo na técnica, mas qualquer relógio pode ser utilizado para esse fim e, hoje, os timers também são facilmente substituídos por inúmeros aplicativos para celular, quase sempre gratuitos, que já estão disponíveis para quem quer adicionar a técnica ao seu dia a dia.

Como colocar a técnica pomodoro em prática?

É só tomar a decisão e começar. Basicamente, deve-se intercalar períodos de concentração máxima na execução de tarefas com intervalos livres, nos quais pode-se ir ao banheiro, conferir as mensagens no WhatsApp ou comer um lanche, por exemplo.

O tempo dedicado para as tarefas, chamado de pomodoro, geralmente dura 25 minutos e é seguido de um pequeno intervalo de 5 minutos. A cada 4 pomodori (plural de pomodoro), o intervalo é um pouco maior, de 15 a 30 minutos. Assim, basta montar a sua lista de tarefas para o dia e ir realizando-as, uma a uma, durante os pomodori.

É importante que, a cada vez que encerrar um período de 25 minutos, faça a marcação de um X no papel e anote a tarefa que você foi capaz de cumprir durante aquele espaço de tempo. No intervalo maior, após os 4 pomodori, você faz um balanço de todas as tarefas executadas até ali.

Ao seguir esse protocolo, você passará a ter uma compreensão muito mais clara do quanto demora para executar cada atividade, um conhecimento que lhe trará mais facilidade para planejar o seu cotidiano de trabalho e para fazer a uma gestão produtiva do seu tempo.

Quais tarefas podem ser executadas pela técnica?

Qualquer uma, seja pessoal ou profissional. O tipo de tarefa não importa, já que a técnica determina apenas que você se dedique completamente à tarefa pelo tempo de duração do pomodoro.

Tarefas complexas, que exigem mais do que 25 minutos para serem concluídas, podem ser divididas em vários pomodori. Espalhando uma tarefa mais complicada ao longo de 3 ou 4 pomodori, por exemplo, você reduz a ansiedade e aprende a executar seus projetos em etapas, de um jeito muito mais organizado.

Por que a técnica pomodoro funciona?

Habitualmente, ao longo do dia do trabalho, somos distraídos por interrupções externas e internas que reduzem a produtividade e dificultam a finalização das tarefas. Se, enquanto você escreve aquele relatório, também fica conferindo os novos e-mails ou pensando qual presente de aniversário comprar para aquele amigo, uma tarefa que demoraria 2 horas para ser feita, acaba demorando o dobro do tempo.

Com a técnica pomodoro, as distrações são limitadas ao período de intervalo e, durante o pomodoro, você concentra 100% da sua energia nas tarefas, completando-as mais rapidamente.

Quer dizer que a técnica ajuda a combater a procrastinação?

Sim. Quando você tem muitas atividades para fazer, a tendência é ficar adiando o início das tarefas por não saber por onde começar. Com a técnica pomodoro, você é estimulado a eleger uma tarefa por vez para cumprir dentro de cada período definido de tempo.

Ao estabelecer uma meta para alcançar em 25 minutos, você se sente mais estimulado para conquistar o objetivo e ser premiado com o descanso de cinco minutos. Esta, aliás, é uma das grandes sacadas da técnica pomodoro. Os intervalos em que você está liberado para tomar um café ou conferir as redes sociais têm efeito de premiação para o cérebro. Você vai sempre querer repetir a experiência.

Além de tudo, convenhamos que 25 minutos nem demoram tanto assim para passar, né? A sensação de dever cumprido vai aparecer para você algumas vezes ao longo do dia e será sempre ótimo.

Em quanto tempo eu começo a perceber os resultados?

Os impactos positivos da adoção da técnica pomodoro no seu trabalho costumam ser imediatos, mas é preciso repetir um pouco a dinâmica para dominar a técnica completamente.

Você já deve notar alguma diferença na sua agilidade e organização dentro de um dia ou dois de adoção desse formato. Já o domínio completo da técnica e sua utilização de modo quase automático chega dentro de sete a 20 dias de prática constante.

E se eu for interrompido durante o pomodoro?

Sempre que possível, adie as interrupções para o período de intervalo, anotando em uma lista as ideias que surgiram na mente, tirando o telefone do gancho, colocando o fone de ouvido ou desligando as notificações do celular. Afinal, raramente alguma dessas interrupções ser tão urgente que não possa esperar 25 minutos.

Mas caso isso realmente aconteça e você tenha que interromper a tarefa, reinicie a contagem de tempo ao retornar e siga como se nada tivesse acontecido.

Um pomodoro sempre tem 25 minutos?

Não. Esse tempo foi apenas a sugestão do criador da técnica, por ser um período nem muito longo nem muito curto. No entanto, à medida que você for se adaptando à técnica, pode achar que após 20 minutos você acaba se distraindo ou que, na verdade, a maioria das suas tarefas demoram 30 minutos para serem completadas.

Assim, é válido alterar um pouco a duração do pomodoro ou dos intervalos para o que funcionar melhor na sua rotina. Entendeu como a técnica pomodoro funciona? Já está adotando a ideia e colhendo resultados? Compartilhe suas perguntas e experiências com a gente nos comentários.

Comentários

comentários